terça-feira, 15 de setembro de 2015

Nacionalismo,patriotismo e os revolucionários

Um dos motivos que me levou a escrever sobre esse tema foi o profundo desconhecimento, por parte de muitos militantes de esquerda, da importância do nacionalismo, do patriotismo para o despertar revolucionário do povo, friso aqui que não se trata do nacionalismo e nem do patriotismo bradado pela direita, que carrega sua bandeira verde amarela, enquanto entrega o país ao imperialismo e as multinacionais, muito menos o nacionalismo de classe média, do qual apenas conhece a fadada palavra de ordem ''sou brasileiro, com muito orgulho etc'' e vai ter filhos em miami para nascerem com cidadania americana. o que vou colocar aqui é o verdadeiro nacionalismo, o que esta intrinsecamente ligado com os interesses do povo, dos trabalhadores, que verdadeiramente são os patriotas que temos.

Infelizmente com o passar do tempo, e também  por conta da ditadura militar que se utilizou de um nacionalismo mentiroso e entreguista, para atacar a esquerda e coloca-la como antinacional e algo que seria contra a soberania nacional, o nacionalismo e o patriotismo, e suas respectivas palavras de ordem, foram deixando de existir nas reivindicações dos partidos de esquerda, quando algo do tipo acontece hoje, acaba se tornando ridículo, justamente pela forma como é apresentada, geralmente simplista e semelhante ao que a classe média alienada faz. Isso de certa maneira demonstra que a esquerda atualmente, pelo menos parte dela, não sabe lidar e representar as questões nacionais, mas isso não se deve apenas a questão da ditadura, mas também ao crescimento do desconhecimento histórico nacional e internacional, das revoluções, dos comunistas e de suas reivindicações.

Essa situação também ocorreu por conta da globalização não só econômica, mas cultural no ocidente,  no qual as culturas nacionais, regionais etc, são suprimidas pela padronização estética, discursal do imperialismo, seja o estadunidense ou o europeu, essa situação colocou a questão nacional e a soberania, inclusive cultural, em ultimo plano, já que tudo tem que se tornar parecido para a industria logicamente faturar mais, isso, juntamente com o desconhecimento histórico, faz com que a esquerda perca sua identidade ou ligação nacional, até porque os seus militantes não vivem em bolhas, e portanto com a falta de teoria e o avanço da padronização das culturas também entram nesse processo .

O que devemos deixar claro aqui é  que,o nacionalismo sempre serviu como propulsor das revoluções no mundo inteiro, antes de se declarar socialista por exemplo, a revolução cubana era nacionalista, independentista, contra o neocolonialismo americano que imperava em Cuba, fazendo da ilha literalmente o prostíbulo do imperialismo, não é exagero, antes da revolução Cuba tinha 150 mil prostitutas, isso as registradas, mas voltando ao nosso tema, o nacionalismo, e portanto o patriotismo são elementos fundamentais para um revolucionário comunista/socialista que luta pela emancipação do seu povo, abdicar disso em prol de um ''internacionalismo'' abstrato e falacioso é manipular a história, ou desconhece--la completamente.

Como comunistas, socialistas ou mesmo progressistas, temos uma responsabilidade grande nesse tema, pois é do interesse da direita que a esquerda seja vista de forma antinacional, ou mesmo uma linha politica e ideológica que não se importa com as questões nacionais e nem com o país, o nacionalismo e o patriotismo são questões fundamentais que devemos voltar a tratar na esquerda e coloca-los também na ordem do dia, no sentido de reorganizar as lutas e as palavras de ordem.Nós somos os revolucionários que verdadeiramente querem a pátria livre, seja do imperialismo, do neocolonialismo e da exploração, queremos uma economia independente, forte e justa para os trabalhadores. Somos comunistas, patriotas e revolucionários.

















quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Desinformação dentro da esquerda, problema grave para os revolucionários.

Venho tratar desse tema, pois o considero um dos mais importantes atualmente, no que se refere a comunicação, informação e conhecimento, por parte da esquerda, e suas diversas correntes. Essa é uma questão pouco colocada, e por vezes esquecida entre os militantes, como se informar ? Por onde se informar ? Por quais meios adquirir o conhecimento que estou buscando ? Quais meios de comunicação devo acompanhar ? Essas são algumas perguntas que deveriam ser feitas por militantes de esquerda, porém frequentemente isso vem sendo deixado de lado, e apenas o básico tem sido feito, ou seja, saber quais meios não usar, mas isso vem se mostrando ineficiente, e a desinformação tem se tornado algo comum nesse meio.

Precisamos entender que os meios de comunicação, seja tv, internet, jornais e revistas, são de primordial importância, no que tange se comunicar com as massas, e a sociedade de maneira geral, não é por menos que a burguesia detém ai, um grande poder de manipulação e mentiras em prol dos seus interesses, construindo assim a superestrutura ideológica, o senso comum, e com isso mantendo a população totalmente a parte dos processos de reflexão,conscientização e ação. Podemos assinalar também, que nos últimos anos, apesar da revolução tecnológica , ainda há grandes dificuldades de ampliar o alcance dos meios independentes, coletivos e organizações politicas, na internet por exemplo, isso se deve logicamente ao fato, que os meios de produção, assim como a tecnologia se mantém nas mãos da burguesia, e claro que a mesma apesar da aparência democrática, ''permitindo'' que paginas independentes, marxistas etc, sejam criadas, não lhes é possível chegar nas grandes massas populares, justamente pelos fatores financeiros.

Em consequência, acaba existindo várias paginas de esquerda, porém com o alcance limitado ao nicho de sempre, estudantes universitários e alguns poucos trabalhadores, que por outros motivos que não a procurando esse tipo de informação em sí, chegam a conhecer um conteúdo desse tipo, O problema é que, parte dessa informação divulgada pelos meios independentes, de esquerda etc, de algumas paginas, tem se mostrado deficitário no quesito, veracidade da realidade dos fatos, muito conteúdo é postado de acordo com o pensamento particular do interlocutor, sequer é baseada na dialética, materialismo histórico, o que proporcionaria os contextos adequados de certas noticias e informações apresentadas isso mostra que a esquerda esta sofrendo um déficit teórico muito grande, e isso afeta profundamente suas analises, e consequentemente as informações de maneira geral que compartilha entre seus militantes e leitores.

Talvez a vontade de fazer esteja de certa maneira impedindo que seja feita uma autocritica nesse sentido, mas nos ultimos tempos é possível observar claramente, que muitas noticias veiculadas em algumas paginas independentes, de esquerda etc, parecem escritas por qualquer meio de comunicação burgues,alguns assuntos esse problema se mostra recorrente, podemos citar a Russía, as noticias vindo de alguns meios de comunicação de esquerda, são idênticas ao que é publicado pelo Globo,Folha e seus asseclas. Não é exposto qualquer tipo de contextualização dos fatos, ou mesmo questionamentos em relação a noticia, apenas se noticia determinadas informações já com o cunho de acusação, as vezes, inclusive, com informações inverídicas que são desmentidas, ou explicadas de forma diferente, justamente quando se busca o contexto daquele fato ali informado. 

Além da Russía, também é perfeitamente possível colocarmos o caso da Venezuela aqui, e desse país especifico posso ir mais longe, quando o quesito é informações inverídicas, distorcidas e mal apuradas, digo que é um dos casos mais graves com certeza dentro da esquerda que vejo atualmente, algumas paginas de esquerda são inclusive capazes de divulgar conteúdo de jornais de oposição ao governo venezuelano, como o el nacional, ou o el país por exemplo, para justificar sua ''oposição de esquerda'' ao chavismo, e gritar palavras de ordem idênticas a da direita, isso se deve ao fato que essa ala da esquerda brasileira, que vem se mostrando a maior parte do que podemos chamar de ''esquerda'', é completamente fora de nexo, e sem qualquer tipo de base dialética para as suas analises históricas(como se ela fizesse qualquer tipo de analise histórica corretamente), esse são alguns dos casos que é possível demonstrar, sem tomar tanto tempo do leitor e ao mesmo tempo ser explicito enquanto tratamos desse tema.

Uma outra coisa deve ficar clara, não há informações ''neutras'', ou seja, informações que não beneficiem ou prejudiquem nem A e nem B, o que existe são fatos concretos, que são utilizados por ambos os lados, para explicar e informar, ou para manipular e alienar, determinadas camadas da sociedade, quem desinforma,distorce, descontextualiza e mente sobres os fatos, esta favorecendo alguém, quando a esquerda faz isso, que ultimamente tem sido de forma mais constante, favorece diretamente a direita e o senso comum bestializado, portanto a mesma também tem culpa quando se trata de manipulação, mentira e alienação da população, porque esta se prestando a fazer exatamente o que a direta/burguesia já faz, porém com um pano vermelho que é para atrapalhar ainda mais, do  que já esta, o entendimento do militante de esquerda e com isso gerando a desinformação que vemos amplamente na esquerda atualmente.

Há vários problemas, e nenhum deles será resolvido com textos na internet, mas acho relevante sempre pontuar que a informação, a noticia, é algo muito importante, e que a esquerda não pode abrir de passa-la aos seus militantes e leitores, da forma mais transparente, contextualizada e explicativa possível, a luta revolucionária também é pedagógica, e quando se mostra algo errado dizendo que é certo, ensinando ou passando questões em uma determinada ótica não baseada na dialética e no materialismo histórico, esta prejudicando não só o proletariado de forma geral, como também a própria vanguarda revolucionária.

Para finalizar, deixarei aqui alguns meios de comunicação que acompanho já á um bom tempo, e que tenho identificado que cumprem sua função de informar.

http://actualidad.rt.com/todas_las_noticias


http://www.telesurtv.net/


http://br.sputniknews.com/


http://www.diarioliberdade.org/


Alguns blogs: http://guerra-na-ucrania.webnode.com/blog/


                      http://fuzilcontrafuzil.blogspot.com.br/

                      
                       http://realismopolitico.com/

                      http://www.novacultura.info